07/10/2015

VOCÊ SEM MIM



    Este poema é dedicado a todas as mulheres que, de uma forma ou de outra, não merecem nenhum tipo de sofrimento.

  VOCÊ SEM MIM
                 Autor: Lucarocas

Hoje no meu pensamento
Eu fui então perceber
Que a partir do momento
Desse nosso conhecer
Você perdeu a alegria
E tudo o que contagia
O seu modo de viver.

Você foi entristecendo
Com minha aproximação
E eu então lhe querendo
Nessa nossa relação
Mas nas passadas da vida
Você bem entristecida
Foi entrando em depressão.

Antes de me conhecer
Sua vida era magia
Não conhecia o sofrer
Só plenitude e alegria
Agora só traz tristeza
No seu olhar tem frieza
De plena melancolia.

Depois da minha chegada
Ficou triste o seu olhar
Sua voz ficou calada
No horizonte a fitar
E o doce do seu sorriso
Não buscou o paraíso
Que tinha no seu sonhar.

Seu sonho não mais avança
Pra vida não tem mais gosto
E toda a sua esperança
Se transformou em desgosto
E a vida que ainda lhe resta
Lhe marca um sinal na testa
E lágrimas pelo seu rosto.

Não quero você tão triste
Nem sofrendo com esse drama
Eu sei que o amor existe
E o quanto você se ama
E eu quero que seja assim
Desejo você sem mim
Pois sou o Câncer de Mama.

Fortaleza, 07 de Outubro de 2015.

              LUCAROCAS
(85) 98897-4497 (oi – WatAspp)
           99666-9396 (tim)
      poeta@lucarocas.com.br
        www.lucarocas.com.br