12/04/2013

Sem Motivação Não se Faz Educação

         SEM MOTIVAÇÃO
    NÃO SE FAZ EDUCAÇÃO
                                Lucarocas

Para tudo que há na vida
Tem que haver motivação
Desde o ponto de partida
Até sua conclusão
Assim não é diferente
Para aquele que é agente
No fazer da educação.

Educação não se faz
Sem que haja um Professor
Que seja hábil e capaz
De ser um transformador
E com sua habilidade
Seja grande na humildade
De ser um educador.

Ser Professor é um dom
Com um pouco de vocação
Mas não dar para ser bom
E ter uma motivação
Quando é desrespeitado
E tem direito negado
Pelo poder da nação.

Não há ninguém que motive
Sem antes ser motivado
Não há ninguém que cative
Sem antes ser cativado
E todo aquele que ama
De certo nunca reclama
Quando também é amado.

Como pode um Professor
Usar da motivação
Quando lhe negam o valor
Que tem para a educação
Lhe priva do seu direito
E o trata com desrespeito
E sem a valorização.

Quem não receber não dar
Quem dar bem quer receber
E quem precisa ensinar
Quer alguém para aprender
Mas ninguém quer trabalhar
Sem direito de ganhar
O valor que deve ter.

O Professor sem motivo
Não tem como motivar
Deixa de ser produtivo
E passa a dissimular
E a educação já ruim
Caminha para seu fim
Sem chance de melhorar.

Há muito tempo não temos
A figura do estudante
É só alunos que vemos
Tentando seguir avante
Porque o seu Professor
Principal motivador
Já não é tão importante.

Sem a força do Professor
O aluno não produz
É só mais um refletor
Em um palco sem ter luz
E vive sempre apagado
E por não ser motivado
Nenhum saber o conduz.

O aluno é o espelho
Reflexo da educação
O seu boletim vermelho
Faz toda a comprovação
Que não se tem resultado
Daquilo que é esperado
Se não há motivação.

Todo aluno é o reflexo
Do que mostra Professor
Se é Professor complexo
Ele é complicador
Mas se tiver motivado
Incentiva o alunado
Sendo facilitador.

Quem não estuda não aprende
Quem não aprende não ensina
E o Professor se rende
A cumprir a sua sina
De ter que muito ensinar
Sem ter tempo de estudar
Por causa da sua rotina.

Hoje pra sobreviver
Na função de Professor
O indivíduo tem que ter
Um sangue de um lutador
Ser um dos sobreviventes
Desses três expedientes
Que trabalha o educador.

Sem tempo e sem garantia
O Professor é explorado
E se torna a cada dia
Muito desvalorizado
Pois em certa circunstância
Não tem nenhuma importância
Para quem rege o Estado.

As injustiças da vida
Tem ganhado o seu valor
Se a escola é bem sucedida
Todo mérito é do gestor
Mas se ela é reprovada
Toda mazela é jogada
Nas costa do Professor.

Mas isso tem que mudar
Pra se ter nova verdade
É preciso transformar
Toda essa realidade
Fazendo a coisa direita
E ver que escola é feita
De uma totalidade.

Cada um com consciência
Cumprindo com o seu dever
Não haverá só aparência
Naquilo que deve ser
Cada uma com a sua ação
Vai trazendo a solução
Pro problema resolver.

Mas com a força da luta
Tem que haver transformação
O Professor na labuta
Por sua valorização
Cumprindo o que é direito
Para exigir o respeito
Pela sua profissão.

Todo bom profissional
Já por si é responsável
 No campo educacional
 Deveria ser notável
 Pois o trabalho que faz
Tem um valor eficaz
Difícil de ser pagável.

Por isso que o Professor
Tem que ter melhoramento
Ser lhe dado o seu valor
Também no seu pagamento
E que tenha em seu salário
Todo valor necessário
Que tem por merecimento.

Só quando reconhecido
E também valorizado
E o Professor ser querido
E for muito respeitado
É que a educação
Terá sua motivação
E bem melhor resultado.

Não pode o Estado cobrar
Quando ele não oferece
Pois só recebe quem dar
Qual energia de prece
 E nessa permutação
 O povo tem a educação
 Que o governo oferece.

 Sem se ter motivação
 Para poder trabalhar
 Não se faz educação
 Não se consegue ensinar
 É por isso que Professor
 Tem que cobrar seu valor
 E se fazer respeitar.