08/03/2013

A FORÇA DA MULHER


                    Lucarocas

  O tempo não intimida
  Seu valor de criação
  Não faz sua dor sofrida
  Vagar na desilusão
  Pois toda sua esperança
  Chega a virar confiança
  Na paz do seu coração.

  Seu riso se faz canção
  Seu choro se torna hino
   E toda desilusão
   É um moldar de destino
   Mostrando que sua raça
   Recebe sempre a graça
   E a benção do Divino.

  O amor é inquilino
   Da grandeza do seu ser
   Sua mensagem ensino
   Pra sempre melhor viver
   Sua doçura e afeto
   São os amparos de teto
   Para o filho proteger.

  Seu ato de defender
  Seu direito à liberdade
  É força que faz tremer
  Certa masculinidade
  Mas no ato da paixão
  Usa todo o coração
  Para valer sua vontade.

  É esse ser de verdade
  Que sofre muita injustiça
  E vive a realidade
  Do desejo e da cobiça
  Que sabe no bem amar
  Fazer um homem sonhar
  No seu dever de justiça.

  Esse ser que enfeitiça
  Transforma todo caminho
  Com a sua fé atiça
  A pureza do carinho
  E escreve com vigor
  Vários poemas de amor
  Para não ficar sozinho.

 O teu colo é sempre ninho
 O seu seio é proteção
 Traz o bom cheiro de pinho
  No bico do coração
  E o seu encantamento
  Transforma todo lamento
  Na mais suave canção.

  Esse ser que é sim e não
   Pra agradar quem quiser
   Na boca traz proteção
   De um batom rosicler
   Merece nossa homenagem
   Nesse poema mensagem
   A força de uma mulher.